Falando de comida…

No final de semana postei no Facebook uma foto de um bolo que fiz para minha esposa. O sucesso foi tão grande que resolvi falar de comida esta semana. Afinal, é bem mais agradável do que falar de gestão. Mas, como não poderia deixar de ser, tem que ter a ver com a veterinária.

Sei que o assunto é delicado, mas a cada dia vejo mais notícias a respeito de comida caseira para pets. Conforme os animais vão se tornando membros da família, as escolhas que seus donos, ou melhor, tutores (para ser politicamente correto) fazem a respeito de seu alimento, bem estar e até educação vão ficando cada vez mais requintadas.

Agora, a novidade é oferecer comida caseira aos pets com o mote “não dê para seu cachorro comer aquilo que você não comeria”.

gg
Loja física da Wonderboo

Na Suécia, mais precisamente em Estocolmo, um pequeno food truck marrom e dourado circula pela cidade vendendo comida premium para cachorros – é a Wonderboo.

O diferencial deles é que fazem comida para cachorro 100% natural, sem aditivos artificiais e com suplementação de vitaminas e minerais essenciais. A comida vem em caixinhas que servem como vasilha, pois uma das vantagens, segundo seu idealizador, é o fato de que o pet pode ser alimentado em qualquer lugar. Agora em julho de 2015 eles abriram a primeira loja física. O site da empresa parece de moda e não de comida para cachorros e a loja física parece uma mistura de joalheria com loja de chocolates finos.

No Brasil, temos várias empresas que oferecem comida caseira para os pets. Há algumas empresas que oferecem comida vegetariana, enquanto outras oferecem cardápios variados com comidas com nomes de dar água na boca – cordeiro com grão de bico, caçarola com carne e grãos, frango com maças e por ai vai. São os casos do Tempero Pet, La Pet Cuisine, Pet Delícia ou Simple Dog.

ff
Comidas da Pet Delícia

Há também sites e consultorias para quem quer cozinhar em casa para seus animais – Cãolinária e Cachorro Verde.

Durante os vinte anos em que tive minha clínica veterinária, sempre orientei meus clientes a alimentarem seus animais com ração de boa qualidade e, ao longo dos anos, a própria ração foi se tornando mais sofisticada: com ingredientes de alta qualidade e diferentes formulações, por fase de vida, raça ou necessidades terapêuticas.

Com o aumento das opções, o ideal é sempre contar com o apoio do médico veterinário para garantir que os animais recebam uma alimentação balanceada e saudável, inclusive sob o aspecto psicológico.

Aos veterinários, cabe conhecer melhor as novas opções existentes para orientar corretamente sem ignorar que o uso deste tipo de alimentação é uma nova tendência dentro do mercado pet.

hh
Comidas da La Pet Cuisine
Anúncios

Deixe um comentário

Faça o login usando um destes métodos para comentar:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s